Publicado por: Real Trás-os-Montes e Alto Douro | Agosto 19, 2009

A Monarquia é o futuro de Portugal

Alguém içou ― e muito bem ― a bandeira monárquica nas varandas da Câmara Municipal de Lisboa. Nós vivemos numa ditadura maçónica e republicana disfarçada de democracia, porque a República e o seu sistema político nunca foram referendados. Em alguns casos, o mimetismo republicano em relação à monarquia realiza-se no pior que esta última tinha, e o positivo da monarquia é ostensivamente feito esquecer ― digo “feito esquecer” porque nunca se esquece o que nos é intrínseco.

A monarquia teve o seu referendo por unanimidade com o princípio da nacionalidade e com a guerra de reconquista territorial aos árabes, foi referendada por aclamação popular na crise de 1383 – 1385 e na revolta em 1640. A crise da monarquia iniciou-se com o jacobinismo da revolução maçónica e burguesa de 1789 e com as invasões das tropas napoleónicas no início do século 19 que levaram a que a Corte portuguesa se mudasse para o Brasil. Mesmo assim, a monarquia voltou a ser referendada por aclamação popular com o retorno do rei D. João VI do Brasil e com a vitória liberal de D. Pedro IV. O republicanismo jacobinista afirmou-se a partir do Ultimato Inglês sobre a questão do mapa cor-de-rosa, já em finais do século 19. Portanto, podemos afirmar com toda a certeza que a crise da monarquia coincidiu com interferências externas de grandes potências militares na vida política portuguesa.

Eu tenho poucas dúvidas de que ― ou a República sacrificará a própria existência da nacionalidade portuguesa, seja através do Iberismo ou através do aniquilamento da identidade portuguesa e da sua diluição num leviatão europeu ― ou a monarquia voltará a impor-se como a solução para a viabilidade da identidade nacional inserida num mundo globalizado. Existem só e apenas estes dois caminhos, porque a República está demasiado comprometida com interesses e ideologias que por sua natureza apontam claramente para a extinção de Portugal como País e como identidade nacional. A única garantia do futuro português é o da conjunção da Grei e do Rei, é o retorno ao nacionalismo integral de Teixeira de Pascoaes que se fundamenta na idiossincrasia de um povo e no psicologismo colectivo que caracteriza uma nação.

Porém, a monarquia não significa isolamento político internacional: pelo contrário significa entrosamento internacional assumindo o respeito por nós próprios e pelos outros. O caminho para que aponta a III República é exactamente o da alienação da nossa identidade a todos os níveis ― político, económico, social, cultural e até linguístico. Qualquer republicano com dois dedos de testa reconhece isto, se for honesto. Não é preciso ser-se muito inteligente para se constatarem factos.

A primeira República foi o regime dos “amanhãs que cantam”, do progresso da economia que definhou, da estabilidade política com governos de alguns dias, dos assassinatos de chefes-de-estado aqui e ali, da reforma da educação que se revelou um fracasso completo; a segunda República foi uma vergôntea de Rousseau que se estendeu por meio década século de isolamento internacional; a terceira República foi o corolário das duas anteriores: a da alienação nacional, da cobardia e da infâmia.

Que o povo português não tenha dúvidas: não há mais que dois caminhos a escolher, e cada um deles comprometido com o seu próprio terreno e distinto destino.

Adenda:

Para quem pensa que a monarquia custa mais dinheiro ao erário público do que a república, a ler: Quanto custa a presidência da república?
Para quem pensa que a restauração da monarquia significaria a criação de uma nova nobreza, desengane-se; já existe uma nova nobreza na república e não temos necessidade de mais nenhuma.
Não serão publicados comentários irracionais e destituídos de objectividade.

Fonte: Blogue Perspectivas


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: